Em novembro, escrevi um artigo incitando as pessoas de uma certa idade a abandonar seus empregos chiques e se unirem a mim no ofício de professora em uma escola pública de Londres. Foi um despropósito, mas eu esperava despertar interesse suficiente para um pequeno projeto-piloto. Algumas dezenas de inscrições teria sido bom. Mas até agora, a Now Teach, a organização da qual fui uma das fundadoras, já recebeu quase 800.

TODOS OS funcionários, do CEO aos trabalhadores da linha de frente, cometem erros evitáveis: subestimamos o tempo necessário para concluir uma tarefa, negligenciamos ou ignoramos informações que revelam uma falha em nosso planejamento, ou não aproveitamos benefícios da empresa que seriam vantajosos para nós. É extremamente difícil reconfigurar o cérebro humano para desfazer os padrões que levam a esses erros. Mas existe outra abordagem: modificar o ambiente no qual as decisões são tomadas, para que as pessoas tenham maior probabilidade de fazer escolhas que produzam bons resultados.

Um bom trabalho de consultoria empresarial pode ser fundamental para te ajudar a otimizar processos e focar esforços no core business. Confira dicas para não errar nessa escolha.

Em cenários econômicos desanimadores, são os carismáticos que se destacam. Só é preciso tomar cuidado para não se tornar uma atitude forçada.

Se você acredita que o lado ressentido ainda pode contribuir positivamente, procure deixar clara sua posição e reafirmar seu compromisso com o indivíduo. Se a pessoa se mostrar relutante e opositora, talvez a opção mais acertada seja o rompimento. 

Como a insegurança e a instabilidade dos ambientes de trabalho podem desvirtuar até o mais correto dos profissionais

orb.digital