Imagine que você vai à uma festa de um amigo de longa data e, ao chegar no local, se depara com pessoas da sua escola a quem não via há anos. Durante uma conversa, você percebe uma amigável competição sendo criada.

A gama de cursos gratuitos oferecidos pela FGV Online engloba várias vertentes distintas, como Economia, Direito, Educação e Comunicação, Gestão Financeira, Gestão de Projetos, Gestão Socioambiental, Gestão Empresarial, Gestão de Marketing, Gestão de Pessoas, Gestão de Produção e História e Ética.

“Devagar! Quem mais corre, mais tropeça", diz Frei Lourenço, personagem de Romeu e Julieta. E o conselho bem que poderia ser seguido pelos profissionais que ficaram com a sensação de estar com a carreira estagnada em 2016. Num ano em que o desemprego atingiu 12 milhões de pessoas, as movimentações profissionais escassearam e os investimentos em desenvolvimento e premiações diminuíram. Nesse contexto, a adrenalina baixa e a impaciência aumenta. "Nos momentos de crise, todo mundo fica com o freio de mão puxado", afirma Gislene Camargo Giovanelli, sócia-diretora da KPMG, consultoria de São Paulo.

Pode até parecer que planejar seus objetivos e metas para a semana, mês e ano seja um mapa para o sucesso. Mas será que uma estratégia mais casual e sujeita ao acaso poderia ser melhor?

Quando você é CEO de uma grande organização — ou mesmo de uma pequena — sua maior responsabilidade é reconhecer se ela precisa de uma grande mudança de rumo. Na verdade, nenhuma nova mudança arrojada no curso de navegação pode ser iniciada sem sua aprovação. No entanto, seu poder e privilégios o isolam — talvez mais que ninguém na empresa — da informação que pode desafiar suas hipóteses e permitir que você perceba um desafio ou oportunidade iminente. Ironicamente, para fazer o que sua elevada posição exige você precisa de alguma forma de escapar dessa posição gloriosa.

Quantas vezes você já teve de dizer "não"? No dia a dia do trabalho, negar ofertas é inevitável. E importante. 

orb.digital