A grande sacada é entender que o problema, na realidade, não faz parte de você. Ele está fora do seu corpo. Quem está dentro é a preocupação. Logo, você tem total controle sobre ela.

Em novembro, escrevi um artigo incitando as pessoas de uma certa idade a abandonar seus empregos chiques e se unirem a mim no ofício de professora em uma escola pública de Londres. Foi um despropósito, mas eu esperava despertar interesse suficiente para um pequeno projeto-piloto. Algumas dezenas de inscrições teria sido bom. Mas até agora, a Now Teach, a organização da qual fui uma das fundadoras, já recebeu quase 800.

orb.digital