Qualquer profissional especialista em alguma área pode se tornar um infoprodutor, lançando cursos ou treinamentos que ensinem as pessoas a realizarem algo novo

Mesmo no mercado digital, poucos sabem e entendem realmente quem são os infoprodutores. É fácil de compreender: são profissionais das mais diversas áreas e segmentos que utilizam plataformas na internet para ensinar aquilo que sabem ao público. Geralmente, os infoprodutos são cursos online em formato de vídeo, mas podem ser apresentados em forma de textos e e-books, portais com conteúdo variado, formato de podcast, e o que for possível.
 
Sabendo disso, podemos estabelecer algumas verdades interessantes sobre os infoprodutores. Primeiro, são oportunidades de carreira para muitos profissionais especialistas em alguma área que podem se lançar como empreendedores digitais.
 
Depois, é importante citar que, diante da necessidade de atualização constante no mercado de trabalho, os infoprodutos funcionam como cursos livres acessíveis às pessoas, formando assim um mercado ainda mais promissor. 
 
E não podemos deixar de citar a importância do ambiente online para ampliar o público potencial de um infoprodutor, garantindo assim um crescimento sustentável. Por exemplo: um especialista em escrita criativa que vive em uma cidade de 500 mil habitantes talvez não consiga muitos alunos em uma escola física, mas a plataforma online não terá limites geográficos.
 
O que podemos aprender com os infoprodutores
 
Para entender um pouco mais sobre os infoprodutores e aprender com eles, analise algumas práticas muito comuns entre os principais nomes do mercado, e que podem ser aplicadas por qualquer empresário ou empreendedor.
 
Ensinar antes de vender: os infoprodutores investem pesadamente em marketing de conteúdo. Antes de oferecer um curso ou treinamento pago, eles entregam informações de qualidade e conquistam o público com mensagens que agregam valor. Isso também constrói autoridade, o que é necessário para fazer boas vendas. E essa prática funciona para qualquer empresa.
 
Gerenciamento de leads: outra prática que funciona para muitas empresas mas ainda parece ter atenção somente no marketing digital é o gerenciamento de leads – o e-mail dos contatos de clientes ou pessoas interessadas. Cada interessado no produto pode oferecer seu e-mail ao baixar um material, por exemplo, e a partir disso é possível interagir com ele por meio de conteúdos entregues via e-mail. Esse tipo de estratégia pode ser realizado por qualquer tipo de empresa.
 
Funil de relacionamento: a partir do momento em que se coleta e-mails, é necessário criar um funil de relacionamento que automatiza o envio de e-mails aos potenciais clientes conforme o momento em que eles estão. Isso significa que haverá uma sequência de e-mails totalmente programada com disparos progressivos para que o lead possa receber novidades sobre o seu produto e se sentir mais seguro naquilo que ele possa estar adquirindo.
 
Afiliados: no mercado dos infoprodutores, os afiliados são muito comuns. Eles são outros empreendedores digitais que possuem um público-alvo em comum e que podem efetuar a venda de um produto, recebendo uma comissão por isso. Existem ferramentas simples que permitem rastrear a origem da compra e calcular quanto o afiliado deve receber. Com criatividade, qualquer empresa pode se utilizar destas estratégias.
 
Escalabilidade: após gravar um curso ou produzir o conteúdo necessário de um infoproduto, o empreendedor pode escalar o produto. Ou seja, a lucratividade será ainda maior, já que esse trabalho poderá ser poupado nas próximas vendas: o trabalho ficará apenas na divulgação e no atendimento. Se for acrescentado algum tipo de bônus ao produto, ele poderá ser vendido por valores mais altos. Qualquer empresa pode escalar seus produtos agregando valor a ele, o que aumenta sua lucratividade.
 
Sabendo disso, é interessante notar como qualquer profissional, especialista em alguma área ou segmento, pode se tornar um infoprodutor, lançando cursos ou treinamentos que ensinem as pessoas a realizarem algo novo. Com as ferramentas certas e estratégias bem realizadas, é possível conquistar uma carreira de sucesso. Alerta de spoiler: ela não será fácil, mas será muito gratificante.
 
 
 
 
Diego Carmona, CVO do leadlovers/ Publicado pela Revista Você S/A
 
Comente o Post

orb.digital